Rejuvenescimento da PeleAtualmente, a busca por uma aparência agradável, livre de rugas, marcas de expressão, manchas de pele, queda de cabelo e das terríveis gordurinhas localizadas é um anseio do mundo moderno, tanto pelas exigências e cobranças da sociedade, quanto pela realização pessoal. Em meio a tanta pressão e, atraídos pelos novos recursos cosméticos, tecnologias e tratamentos milagrosos com resultados imediatos, às vezes, deixamos em segundo plano as repercussões desses procedimentos em nossa saúde e os possíveis prejuízos para nossa qualidade de vida.

O processo de envelhecimento hoje é totalmente conhecido. De acordo com a saúde da célula, ocorre reparação ou lesão frente às agressões do meio externo. Com uma expectativa de vida de até 120 anos, conseguimos interferir nesse processo, buscar harmonizar todas as funções metabólicas do organismo com orientações nutricionais, atividade física, vitaminas antioxidantes e procedimentos médico-estéticos não invasivos, que visam estimular o próprio organismo a se reestabelecer e voltar às condições metabólicas de jovialidade, conquistando qualidade de vida e um embelezamento natural por dentro e por fora.

A conquista da harmonia entre beleza-saúde começa com os bons hábitos alimentares, fontes de nutrientes, vitaminas, minerais e antioxidantes. A alimentação saudável é responsabilidade de cada um e baseia-se também na genética familiar. O que é saudável para uma pessoa pode ser tóxico para outra. Atualmente, o exame epigenético Cells Wellbeing é simples e acessível. Por meio da amostra do bulbo do cabelo, é capaz de identificar os alimentos geneticamente tóxicos e compatíveis por meio de um relatório de 30 páginas encaminhado por sistema web, após 15 a 20 minutos da coleta. O exame demonstra as necessidades genéticas vitamínicas, minerais, aminoácidos, omegas, antioxidantes e orienta os alimentos a serem preferidos para suprir essas necessidades individuais.

Além das necessidades epigenéticas nutricionais, o exame determina as predisposições genéticas a infecções (vírus, fungos, bactérias ou parasitas), predisposição a poluição eletromagnética (televisão, celular, antenas, redes elétricas) e indica os alimentos a serem otimizados para auxiliar na imunidade contra esses agentes agressores.

Outro teste genético, desta vez da mucosa bucal, o Fit Sport, determina por meio de um relatório, enviado da Itália após 3 semanas, qual a capacidade genética de formação de fibras musculares vermelhas, brancas ou mistas, capacidade de lipólise (queima de gordura), resposta inflamatória e capacidade antioxidante. Ele mostra quais os esportes epigeneticamente a serem evitados. Além disso, o exame direciona uma proposta de treino, intensidade e frequência para otimizar a capacidade genética.

Hábitos de vida saudáveis como atividades físicas prazerosas - excelentes liberadores de hormônios antienvelhecimento - são individualizadas e, após os testes epigenéticos, permitem um direcionamento e um programa natural de otimização metabólica responsáveis pela regeneração do organismo.

Os procedimentos que verdadeiramente atuam no antienvelhecimento de maneira saudável são os procedimentos de Bioestimulação - não cirúrgicos - que visam estimular no próprio organismo a produção de colágeno, elastina, tratando a flacidez e rugas, aumentando a massa muscular, conquistando tônus e melhora do desempenho e redução da massa gorda, com emagrecimento e redução de gorduras localizadas.

Alguns tratamentos de Bioestimulação:

Peelings de luz – após a limpeza de pele e o preparo com um equipamento com ponteira diamantada (que removem células mortas da pele e ao mesmo tempo infundem uma solução vitamínica a 4 mm de profundidade proporcionando nutrição e hidratação por 90 dias), aplica-se fotopeelings sobre a pele do rosto, colo ou mãos que, em associação a equipamentos de fototerapia com LEDS, promovem remoção de células alteradas, pré-malignas, manchas, acne, cicatrizes de acne. Esse processo é utilizado na Europa como prevenção ao câncer de pele.

Rejuvenescimento em 5 dimensões – associação de técnicas indutoras de colágeno, utilizadas na Europa, para regeneração da pele e aceleração do processo de cicatrização de feridas para a remoção de células alteradas e estimulação da produção de novas fibras colágenas, elásticas e vasos sanguíneos por um período de 2 anos.

O processo de auto-regeneração é utilizado para a prevenção e tratamento de câncer de pele e tem como consequência o rejuvenescimento, além da atenuação da musculatura depressora da face, que promove as rugas de expressão e, fortalecimento da musculatura elevadora da face, promovendo o efeito lifting sem cortes, tratando e retardando a formação de rugas de expressão e prevenção de formação de novas rugas do envelhecimento.

Carbolipoclasia - Hidrolipoclasia – o processo de envelhecimento leva a um acúmulo progressivo de gordura corporal indesejável esteticamente e prejudicial à saúde. Para auxiliar no processo de emagrecimento sem riscos cirúrgicos, a hidrolipoclasia é utilizada para direcionar o local da perda: a área a ser tratada é infiltrada com soro fisiológico para hidratar e amolecer a gordura. A aplicação da endermologia auxilia no processo de quebra da gordura e drenagem linfática e a perda ocorre pelo próprio metabolismo corporal, sem necessidade de cortes ou aspirações. O resultado é imediato e a perda de medidas continua por até 10 dias.

Fotobiomodulação com LED– é o uso da energia luminosa LED para normalização da função celular, estimulando a produção de fibras de colágenos e elastinas, normalizando a produção de pigmentos (manchas e vitiligo), tratando infecções virais (herpes), bacterianas (acne ) e fúngicas (micoses) e melhora das defesas da pele.

Além do rejuvenescimento, o LED pode ser utilizado para tratamento de lesões de pele pré-malignas e malignas. Aplica-se uma substância fotoreagente que age seletivamente nas células tumorais. Em seguida, aplica-se o LED que vai destruir apenas o tecido tumoral sem afetar a pele sadia.

A terapia LED é indolor e segura, pode ser utilizada em todas as faixas etárias e todos os tipos de pele. É um tratamento não invasivo e o paciente não apresenta efeitos colaterais. Permite o tratamento de várias lesões em regiões anatômicas ao mesmo tempo. Pode ser associado com várias outras técnicas da Medicina Estética, tais como peeling de cristal, preenchimentos, LASERS, IPL permitindo um resultado efetivo e seguro.

A verdadeira beleza vem de dentro e busca não apenas acrescentar anos a vida, mas, principalmente, acrescentar qualidade de vida aos anos que vamos viver.

Elizete Kaffer é dermatologista, pós-graduada em Medicina Antienvelhecimento, Medicina Estética e Medicina Quântica Integrativa. Diretora do Instituto Shalon de Ensino e Pesquisa